27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Acre

Semulher realiza campanha contra o assédio e a importunação sexual no Carnaval da Família 2024

Publicado em 07/02/2024 09:02

Para levar um trabalho preventivo em relação aos mais variados tipos de violência contra a mulher, a Secretaria de Estado da Mulher (Semulher) estará, durante todos os dias do Carnaval da Família 2024, nos pontos de folia em Rio Branco e no interior do estado, com o Bloco do Respeito. A ideia é que, na capital acreana, bem como em Brasileia, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul, equipes multidisciplinares realizem ações de orientação às mulheres, além da divulgação dos serviços da pasta.

De acordo com a secretária de Estado da Mulher (Semulher), Márdhia El-Shawwa Pereira, a principal intenção é que todas as mulheres que estejam nos locais de festas saibam dos seus direitos e como buscar ajuda em casos de importunação sexual e assédio.

“A própria presença da Secretaria [de Estado da Mulher] é importante, principalmente no sentido de pensarmos que um órgão estará in loco para ajudar mulheres que precisem de ajuda, além de levar a informação a elas sobre os direitos que dispõem”, explicou a titular.

A secretária enfatizou que, além disso, a Semulher distribuirá materiais impressos com os tipos de violência e os números de denúncia. “A mulher terá em mãos o 190, para acionar a Polícia Militar; o 180, da Central de Atendimento à Mulher; e o 68 99605-0657, número de atendimento da Semulher”.

Interior do estado

A Semulher também atuará nas folias no interior do estado. O Centro Especializado de Atendimento à Mulher do Juruá (CEAMJU) realizará ação ao longo de quatro noites. De acordo com a coordenadora do CEAMJU, Genilsa Silva, os trabalhos serão divididos, sendo duas noites em Cruzeiro do Sul, das 18h às 22h; em Rodrigues Alves, no domingo, 11, das 17h às 21h; e, no último dia de folia, em Mâncio Lima, das 17h às 21h.

“Dentro deste contexto de atuação, estaremos realizando uma abordagem de orientação, levando mais visibilidade para a Secretaria [de Estado da Mulher]. A intenção é apresentarmos os nossos trabalhos; a localização do CEAMJU, nosso ramo de atuação, além de indicar às mulheres as principais formas de denúncia, caso haja algum problema”, reiterou Genilsa, acrescentando que o objetivo não é apenas entregar materiais impressos, “mas também para que esse seja um trabalho mais educativo, para que as mulheres saibam que nós temos um espaço de apoio psicossocial e jurídico”.

Em Brasileia, a Semulher atuará por meio do Centro Especializado de Atendimento à Mulher do Alto Acre (CEAMAA), conforme explica a coordenadora do local, Elizabeth de Araújo. “Queremos fazer a prevenção para as mulheres, que o Bloco do Respeito esteja realmente ajudando a prevenir casos de violência contra as mulheres. Estaremos presentes ao longo das noites de festa para fazermos a prevenção contra todo tipo de assédio”, finalizou.

 

[Assessoria]

Artigos Relacionados

Estado alcança mais de 70% de eficiência na execução do Fundo Nacional de Segurança Pública

Jamile Romano

Inscrições para o concurso da Sefaz encerram nesta sexta-feira

Jamile Romano

Iluminação natalina é prorrogada até o próximo domingo

Jamile Romano

Ministério das Comunicações libera a ampliação do sinal de Tv Digital Rio Branco

O Rio Branco

Reconhecimento para exportação de carne bovina do Acre para o Canadá pode impulsionar comércio exterior

Marcio Nunes

Estado intensifica divulgação do Programa de Proteção e Promoção da Saúde e Dignidade Menstrual, do Ministério da Saúde

Jamile Romano