27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
AcreGeral

Com investimentos e avanços, Governo do Acre celebra 141 anos da capital Rio Branco

Publicado em 28/12/2023 09:12

O Acre celebra, nesta quinta-feira, 28, os 141 anos da cidade de Rio Branco. E, ao longo do anos, o governo tem apostado em ações e tomada de decisões para melhorar a vida das mais de 364 mil pessoas que vivem na capital acreana. São obras, ampliações e esforços em diversas áreas que impactam diretamente a qualidade de vida dos moradores.

Em comemoração, o governador Gladson Cameli celebrou os avanços e destacou que o objetivo é avançar cada vez mais. “O governo tem trabalhado todos os dias para dar os melhores presentes para a nossa Rio Branco. Já começaram as obras da nova maternidade e a Orla do Quinze. Nesse mês também tivemos o menor desemprego dos últimos 11 anos e continuamos trabalhando duro para que nos próximos anos possamos festejar ainda mais”, frisou.

Uma das obras mais importantes e esperadas é a nova maternidade, que segue com os trabalhos a todo vapor. Quando finalizada, ela contará com 150 leitos de enfermaria clínica e obstétrica; 16 salas de pré-parto, parto e pós-parto (PPP); sete salas de cirurgia e de parto cesariano; dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto; 30 leitos de UTI neonatal; 30 leitos de unidade de cuidados intermediários (UCI); e 15 leitos de UCI canguru. A unidade ainda terá a Casa da Gestante, Bebê e Puérpera, para atender gestantes de alto risco.

Ao todo, estão previstas cinco fases, sendo que a primeira deve ser entregue ainda no segundo semestre de 2024. A obra beneficia não só Rio Branco, mas também todas as cidades adjacentes, bem como outros países que fazem fronteira com o Acre e que são atendidos pelo sistema de saúde do Estado.

Orla do Quinze

Outra obra moderna é a Orla do Quinze, em uma das regiões mais tradicionais de Rio Branco. Com 372 metros de extensão, a obra abrange as ruas Dezesseis de Outubro e Boulevard Augusto Monteiro, até a curva do Rio Acre, valorizando a região. No local, está prevista também a construção do Museu Tecnológico, quatro quiosques, duas praças da saudade, 42 bancos e três paradas de ônibus.

Para a estrutura, R$ 4 milhões são oriundos de recursos próprios do Estado e outros R$ 17 milhões de emenda parlamentar da então deputada Vanda Milani.

Museu dos Povos Acreanos

Preservar a história e fortalecer a identidade do nosso estado, esse é o objetivo do Museu dos Povos Acreanos, que foi inaugurado em agosto, e é um dos espaços coordenados pela Fundação Elias Mansour (FEM).

O primeiro piso do Museu dos Povos Acreanos, além do átrio e do auditório, tem sete espaços de visitação climatizados, que obedecem ao projeto do Plano Museológico, que continua em andamento.

Orla do Quinze

Outra obra moderna é a Orla do Quinze, em uma das regiões mais tradicionais de Rio Branco. Com 372 metros de extensão, a obra abrange as ruas Dezesseis de Outubro e Boulevard Augusto Monteiro, até a curva do Rio Acre, valorizando a região. No local, está prevista também a construção do Museu Tecnológico, quatro quiosques, duas praças da saudade, 42 bancos e três paradas de ônibus.

Para a estrutura, R$ 4 milhões são oriundos de recursos próprios do Estado e outros R$ 17 milhões de emenda parlamentar da então deputada Vanda Milani.

Museu dos Povos Acreanos

Preservar a história e fortalecer a identidade do nosso estado, esse é o objetivo do Museu dos Povos Acreanos, que foi inaugurado em agosto, e é um dos espaços coordenados pela Fundação Elias Mansour (FEM).

O primeiro piso do Museu dos Povos Acreanos, além do átrio e do auditório, tem sete espaços de visitação climatizados, que obedecem ao projeto do Plano Museológico, que continua em andamento.

Complexo viário

Já para melhorar o fluxo do trânsito no Centro de Rio Branco, o governo assinou em novembro a ordem de serviço para iniciar as obras de construção de um complexo viário no cruzamento das avenidas Ceará e Getúlio Vargas.

A construção está prevista para começar no próximo verão e ainda deve gerar mais de 300 postos de trabalho diretos durante todo o processo de construção, fortalecendo a economia do estado e beneficiando toda a população de Rio Branco.

O secretário de Obras Públicas (Seop), Ítalo Lopes, destacou que todos os esforços estão concentrados para os avanços na infraestrutura da cidade.

“A Seop vem trabalhando para melhorar a infraestrutura de todos os espaços públicos do estado e não seria diferente com nossa capital, pois Rio Branco está em constante desenvolvimento. As obras que estão avançando na nossa cidade são respostas a esse progresso. É uma determinação do governador seguirmos em compromisso com nosso estado”, frisou.

Batalhão da PM na Cidade do Povo

Com investimento de R$ 1,2 milhão, a área de aproximadamente 16 mil metros quadrados tem recebido os serviços de nivelamento, tratamento e preparação do solo para que seja viabilizada a construção do novo prédio do Batalhão da Polícia Militar na Cidade do Povo, em Rio Branco.

A obra de construção do novo batalhão está sob o comando da Secretaria de Estado de Habitação e Urbanismo (Sehurb).

Para Alessandra Hoyos Oliveira, responsável pela creche José Maria Maciel,  e vice-presidência do setor 1 da Cidade do Povo, o batalhão é uma forma de fomentar outros setores do conjunto habitacional.

“Sem dúvida nenhuma, o reforço com o batalhão da PM irá elevar a sensação de segurança em nosso bairro. Essa iniciativa vai favorecer o fortalecimento ao combate ao preconceito socioespacial que nós moradores sofremos. Com isso, esperamos a expansão do bairro com o desenvolvimento do comércio local, oportunizando oferta de trabalho”, destaca.

Segurança

O comandante da PM no Acre, coronel Luciano Dias, destacou o chamamento do concurso, que acabou reforçando o efetivo das ruas.

“Nós tivemos um avanço significativo na Segurança Pública no estado todo. Em Rio Branco tivemos o avanço do efetivo, o chamamento de aprovados no concurso público que possibilita o aumento do efetivo na capital e no interior; o aumento da vigilância nas ruas através do sistema de videomonitoramento em um convênio do Estado com a Prefeitura, o que melhorou muito a Segurança Pública na capital do estado. Com o aumento do efetivo, implementamos, inclusive, o policiamento comunitário no Bairro Cidade do Povo. Aumentar o policiamento na área urbana e na área rural foi significativo para que a gente alcançasse bons resultados em 2023”, destacou o coronel.

Para Edson José Andrade, o reforço na segurança pode ser sentido no dia a dia. O fato de ver mais policiais nas ruas o deixa mais seguro para andar em Rio Branco.

“Há alguns anos sempre que saía de casa ficava com aquela sensação de insegurança, até levava um telefone reserva, principalmente pelo fato de que estudava e precisava andar de ônibus e sabemos como, infelizmente, os assaltos nos ônibus eram frequentes. Hoje em dia as coisas mudaram, vejo mais policiamento nas ruas e que a cidade acaba ficando mais movimentada à noite, coisa que antes não acontecia. Acho que realmente a segurança tem melhorado bastante e espero que continue melhorando”, disse.

Quinta Ponte

Com um investimento de R$ 66,4 milhões, o governo do Estado já teve autorização para iniciar as obras da quinta ponte de Rio Branco, que vai ligar o Segundo Distrito e a Baixada da Sobral. A previsão é que ela seja entregue em dois anos a contar da assinatura da ordem de serviço.

Centro integrado

Em ritmo acelerado está a execução dos serviços de reforma e adequação do Centro Integrado de Esporte e Lazer para a Comunidade (Ciec), no espaço esportivo da Fundação do Bem-Estar Social (Funbesa), que fica na Estação Experimental, em Rio Branco.

O Ciec será composto por uma quadra poliesportiva coberta, um campo de futebol e uma sala de lutas. O espaço abrigará diversas atividades de esporte e lazer, como artes marciais, basquete, futebol, futsal, handebol, rugby, voleibol e academia funcional, entre outras atividades geridas pela Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE).

Recuperação do Calçadão

A área à margem esquerda do Rio Acre, entre as pontes Coronel Sebastião Dantas e Juscelino Kubitschek (Ponte Metálica), no Centro de Rio Branco, conhecida como Calçadão do Novo Mercado Velho, está passando por revitalização.

A estrutura foi afetada pela cheia do Rio Acre e a reforma conta com os serviços de nivelamento dos trechos que sofreram afundamento e a manutenção dos demais equipamentos, como guarda-corpos de aço galvanizado, bancos e postes, assegurando o perfeito funcionamento do local. O Calçadão do Mercado Velho é um ponto turístico que reúne milhares de acreanos e visitantes nacionais e internacionais que vão ao local apreciar a vista do Rio Acre.

A revitalização deixou otimistas os comerciantes que estão instalados às margens do rio, como é o caso de Cláudio Araújo, que afirmou que o espaço voltará a ter segurança.

“A expectativa é a melhor possível. O fluxo de clientes estava horrível porque as pessoas passavam direto com medo de cair nos buracos. Agora estou plenamente confiante que aqui terá condição adequada para as pessoas frequentarem”, ressalta o proprietário de um comércio no calçadão.

Educação

Aproximadamente 2,7 mil servidores da Educação foram contemplados com o pagamento do Prêmio Anual de Valorização e Desempenho Profissional (VDP), o que totalizou um investimento de quase R$ 5 milhões não só em Rio Branco, mas nos outros municípios acreanos.

O governo também distribuiu 36.795 aparelhos para alunos do ensino médio regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA), representando um investimento de R$ 28,9 milhões.

Uma das preocupações do Estado em 2023 foi oferecer reforço no quadro de educadores, com a contratação de 120 professores efetivos.

Agronegócio

O setor do agronegócio no estado tem se destacado nos últimos anos e um termômetro desse sucesso é a Expoacre. Neste ano, a feira que ocorre tradicionalmente em Rio Branco, movimentou R$ 325 milhões, o que representa um aumento de 55% em relação a 2022, quando o volume de negócios alcançou R$ 209 milhões.

Economia

Em 2021, o Produto Interno Bruto (PIB) do estado do Acre, foi de R$ 21,37 bilhões, um crescimento em volume de 6,7%, em relação a 2020. O município que mais contribuiu para a economia acreana foi Rio Branco, com 51,26%.

Todos os setores apresentaram crescimento em relação ao ano anterior. A agropecuária foi o setor que apresentou o maior crescimento, influenciado, sobretudo, pelo aumento da produção de grãos e bovinos.

Geração de empregos

A capital foi a cidade acreana que registrou o maior saldo na geração de empregos no ano no estado. Foram 30.123 admissões contra 26.922 desligamentos entre janeiro e outubro, totalizando um saldo positivo de 3.201 novos postos.

Isso é resultado dos investimentos do governo em diversas áreas. O que reforça esse índice é que o Acre foi destaque no setor de serviços ao ser o estado que registrou a maior alta nesse segmento em outubro deste ano, segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado em dezembro.

No acumulado do ano, o índice também é positivo, com um aumento de 7,9%, de janeiro a outubro.

 

[Agência de Notícias do Acre]

Artigos Relacionados

Governo divulga programação cultural do Carnaval da Família, em Rio Branco

Jamile Romano

Defesa Civil supera desafios para atuar num dos estados mais afetados por eventos climáticos extremos

Jamile Romano

Em nota técnica entregue ao MEC, Socorro Neri propõe melhorias na formação de professores

Marcio Nunes

Sisu 2024, único do ano, abrirá inscrições em 22 de janeiro; veja cronograma

Jamile Romano

MPAC denuncia policial civil por abuso de autoridade e lesão corporal

Jamile Romano

Com presença do governador Gladson Cameli, solenidade do Exército marca início da formação pioneira de oficiais no Acre

Jamile Romano