27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Política

Receita suspende ato do governo Bolsonaro que ampliou isenção de imposto para igrejas

Publicado em 17/01/2024 10:01

O Secretário da Receita Federal, Robinson Barreirinhas, suspendeu um ato do governo Jair Bolsonaro, que ampliou a isenção de impostos a pastores e igrejas em julho de 2022, um mês antes do início da campanha eleitoral.

Barreirinhas cancelou o benefício fiscal nesta segunda (15) e a medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta (17).A partir de agora, valores pagos por igrejas a pastores e por instituições vocacionais voltam a ser considerados remuneração direta.

Anteriormente, eram consideradas remunerações somente as frações do pagamento referentes a aulas ou atividade laboral propriamente dita.

Nesse caso, as instituições deveriam ter contrato de prestação de serviço para o recolhimento do imposto de renda (pelo prestador) e da contribuição social (pela ordem religiosa).

 

[Folha Uol]

Artigos Relacionados

Sabatinas de Dino e Gonet começam com críticas ao formato da sessão

Marcio Nunes

Brasil cai 10 posições em ranking de percepção da corrupção em 2023, diz estudo

Jamile Romano

Em vídeo: Alysson promete Guarda Municipal e diz que Bocalom e Marcus Alexandre “Não fizeram nada”

Redacao

Comissões aprovam matérias da Defensoria Pública

Marcio Nunes

Ministério das Mulheres quer discutir combate à misoginia no G20

Jamile Romano

Governo Lula estuda limitar dedução com saúde no Imposto de Renda

Jamile Romano