27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Policial

Polícia Federal prende grupo com imóveis e carros de luxo por lavagem de dinheiro

Publicado em 13/12/2023 09:12

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a operação No Pain No Gain, com objetivo de desarticular organização criminosa destinada ao tráfico interestadual de drogas e lavagem de capitais.

Estão sendo cumpridos 13 mandados, sendo nove de busca e apreensão e quatro de prisão preventiva, além da medida de sequestro e indisponibilidade de bens obtidos a partir de dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

Cerca de 38 policiais federais cumprem os mandados nos estados do Acre, Minas Gerais e Piauí.

Em relação ao tráfico de drogas, foi possível identificar um extenso grupo criminoso que atuava no fornecimento de grandes quantidades de maconha (skunk) e cocaína para outros traficantes de drogas, principalmente na distribuição de drogas na grande João Pessoa/PB, Guarabira/PB, Natal/PB e outros municípios.

No decorrer das apurações, a Polícia Federal descobriu que o grupo criminoso lavava dinheiro adquirindo diversos imóveis de luxo, além de veículos. As contas bancárias utilizadas no esquema e o patrimônio identificados foram bloqueados por determinação judicial.

Trata-se de um desdobramento da Operação Bayerische, deflagrada em dezembro de 2022, que visou desarticular parcela do grupo criminoso responsável pelo abastecimento de entorpecentes na capital.

Ocorre que, após o aprofundamento da investigação, identificou-se diversos responsáveis pelo envio do material entorpecente, inclusive um empresário do ramo da construção civil.

[Assessoria PF]

Artigos Relacionados

Policiais penais concluem Curso Operacional Integrado

Marcio Nunes

Detento é encontrado morto em cela do Presídio Francisco de Oliveira Conde

Jamile Romano

Tarauacá: MPAC obtém condenação de homem que matou companheira na frente dos filhos

Redacao

PRF apreende mais de 85 kg de drogas no Acre

Jamile Romano

Policial penal Rene Fontes ficou entre a vida e a morte durante emboscada que sofreu em Porto Velho-RO

Jamile Romano

MP recorre de decisão que absolveu policial federal acusado de matar estudante

Marcio Nunes