27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Acre

Acre cria selo para reconhecer empresas que incentivam a doação de sangue

Publicado em 10/01/2024 08:01

Para incentivar a doação de sangue, medula óssea, órgãos e tecidos humanos, o governo do Acre sancionou a lei 4.312, em edição extra do Diário Oficial do Acre (DOE) nessa segunda-feira, 8, e criou o Selo Empresa Solidária.

“Para efeitos desta lei, considera-se empresa solidária a pessoa jurídica que adote uma política interna permanente, para com seus funcionários, a fim de informar, conscientizar e estimular a doação voluntária e regular de hemoderivados e hemocomponentes”, destaca o decreto assinado pelo governador Gladson Cameli. O projeto de lei é de autoria do deputado Adailton Cruz.

Eliene Passos, bióloga da equipe de Captação de doadores do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Acre (Hemoacre), diz que o selo vem como forma de reconhecer o trabalho de empresas que estão atentas a causas sociais. “Nós já temos algumas instituições, algumas empresas parceiras que realizam campanhas bem satisfatórias com o Hemocentro”, relata. Eliene orienta que as empresas interessadas na parceria devem se dirigir ao Hemoacre, na Avenida Getúlio Vargas, em Rio Branco.

O assessor da presidência da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio), Egídio Garó, destacou que a lei fortalece um comportamento já adotado por muitas empresas acreanas. Completou afirmando ainda que a medida incentiva o papel social do setor comercial.

“É de grande relevância para as práticas solidárias em todas as empresas, de todos os tamanhos e setores da economia. A Federação do Comércio incentiva tais procedimentos e entende que o reconhecimento é fator motivante à prática da solidariedade”, observa.

Entre os objetivos da lei estão:

– Distinguir e homenagear empresas com preocupação social e solidária com a vida;

– Informar e orientar os trabalhadores sobre as doações, sobre os procedimentos para fazer parte do cadastro de doadores e sobre a importância da doação de sangue, medula óssea, de órgãos e tecidos humanos para salvar vidas; e

– Estimular as empresas a conceder oportunidades e condições ao trabalhador, a fim de que ele possa se dirigir a banco de sangue ou hemocentro, doar sangue e cadastrar-se como doador de medula óssea.

O decreto também estabelece que as empresas que cumprirem os critérios estabelecidos terão direito a utilizar o Selo Empresa Solidária em sua comunicação interna e externa, bem como em materiais promocionais e publicitários.

A gerente administrativa do Hemoacre, Gabriela Curty, reforça ainda que o selo estadual vai fidelizar ainda mais os doadores: “É importante lembrar que a doação começa na conscientização do doador, quando ele entende por que está doando, como ocorre o ciclo do sangue e o destino do hemocomponente coletado. Quanto mais doadores fidelizados, melhor será a manutenção do estoque de sangue do Hemocentro. Assim como já possuímos empresas parceiras, esperamos que, com essa lei, novas empresas venham a se juntar a essa causa, lembrando que toda essa ação beneficiará o paciente que está precisando”.

Quem pode doar

O doador precisa estar saudável, bem alimentado, pesar acima de 50 kg, ter dormido bem na noite anterior, não ter ingerido bebida alcoólica, ter entre 16 e 69 anos de idade e apresentar um documento oficial com foto. O intervalo mínimo entre uma doação e outra é de dois meses para homens e três meses para mulheres.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres em período pós-parto não podem doar.

 

[Assessoria]

Artigos Relacionados

Preparativos carnaval: Sorteio define comerciantes que irão vender alimentos e bebidas

Marcio Nunes

Correios coloca bens móveis à venda no Acre

Marcio Nunes

Imunização contra a dengue: No Acre 11 cidades serão contempladas inicialmente

Jamile Romano

Voltou a subir: Mais de 700 novos casos de Covid-19 são registrados em dezembro no Acre

Jamile Romano

Balanço da Polícia Civil mostra resultados significativos no combate ao crime organizado

Marcio Nunes

Bocalom visita construção do elevado na Dias Martins e diz que obra vai aliviar congestionamento na região

Marcio Nunes