27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Coluna EsplanadaColunistas

Nas festas de fim de ano, José Dirceu aconselhou o presidente Lula a arbitrar a briga política de Renan Calheiros e Arthur Lira.

Publicado em 29/01/2024 10:01

Faroeste baiano

O movimento “Invasão Zero”, criado para contrapor o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), passou a ser investigado pela Polícia Civil da Bahia depois da morte da líder indígena Maria de Fátima Muniz, no último domingo, no município de Potiraguá, no sul da Bahia.Os investigadores já descobriram quem disparou a arma e conseguiram mapear a principal articuladora do grupo. Trata-se de Dida Souza. Ela se apresenta como empresária, mas está lotada como funcionária do Tribunal de Contas do Estado (TCE) da Bahia. Atuaria na vice-presidência com salário de aproximadamente R$ 25 mil por mês. Mas segundo fontes do TCE, raramente é vista no local.O grupo, que conta ainda com o empresário baiano Luiz Uaquim como um dos líderes, foi criado no ano passado durante a CPI do MST, quando se articulou com deputados ligados à base do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Renan x Lira

Nas festas de fim de ano, José Dirceu aconselhou o presidente Lula a arbitrar a briga política de Renan Calheiros e Arthur Lira. Ambos levam ao Governo diferenças regionais graves. Outro contato propôs a Lula a ceder um ministério a Lira.

 Ela manda

Ex-vice-presidente de Governo e Agronegócio do BB, João Pinto Rabelo Júnior, o Rabelinho, se reuniu com a presidente Tarciana Medeiros. Eles bateram o martelo e ele será o comandante da área do Agro. A dupla trabalhou junta anos atrás na instituição. Rabelinho diretor e ela em Seguros.

Radar ou birutas?

Radares da Estação Meteorológica de Mangaratiba (RJ) estão em constante interrupção, dizem especialistas que os monitoram. O site do Instituto Nacional de Meteorologia cita que o responsável pela estação é o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. Os órgãos não se entendem sobre as responsabilidades.

“Doriano” no MJ

O presidente Lula da Silva terá que acolher um “doriano” no Governo, assim dizem entre portas sobre Mario Sarrubbo, muito ligado a João Doria e futuro nº 3 do MJ de Lewandowski.

Regido pela religião

Pesquisa “Na Raíz do Brasil”, da organização Morada Comum em parceria com a Quaest, revela que o Brasil segue regido pelos princípios religiosos. Dos 4.072 entrevistados, 61% concordam com a afirmação de que “o País deve ser regido por princípios cristãos”, enquanto 34% discordam. Sobre a adoção desses mesmos princípios por políticos para basear suas decisões, há empate técnico: 47% são favoráveis, e 48% contrários.

Artigos Relacionados

Exportação de carne suína apresenta aumento superior a 200% em 2023

Jamile Romano

Patriotadas

Jamile Romano

Urnas eletrônicas

Jamile Romano

O Partido Liberal do Rio Grande do Sul realiza amanhã a filiação de dois centenários fãs de Jair Bolsonaro

Jamile Romano

Planejamento estratégico do governo vai fortalecer indústria, comércio, ciência e tecnologia

Jamile Romano

Pesquisa Fecomércio revela confiança dos comerciantes e otimismo dos consumidores

Marcio Nunes