27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Esportes

Lionel Messi é eleito o melhor jogador de futebol do mundo pela oitava vez

Publicado em 16/01/2024 09:01

O argentino Lionel Messi, 36, foi eleito nesta segunda-feira (15) o melhor jogador mundo pela Fifa (Federação Internacional de Futebol). O craque surpreendeu ao superar Earling Haaland, 23, do Manchester City, apontado como favorito, e também o francês Kylian Mbappé, seu ex-companheiro de clube no Paris Saint-Germain.

Foi a oitava vez que o camisa 10 da Argentina ficou com a honraria. Desta vez, ele não esteve presente na cerimônia, realizada em Londres, na Inglaterra. Ele já havia sido apontado como melhor do mundo nas edições de 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2022 da premiação.

Diante da ausência, o ex-jogador francês Thierry Henry, mestre de cerimônia da festa, chegou a fazer uma brincadeira: “Eu posso ficar com o troféu, então? Eu nunca ganhei…”. A coroação de Messi rendeu, ainda, aplausos tímidos na plateia.

O argentino Lionel Messi, 36, foi eleito nesta segunda-feira (15) o melhor jogador mundo pela Fifa (Federação Internacional de Futebol). O craque surpreendeu ao superar Earling Haaland, 23, do Manchester City, apontado como favorito, e também o francês Kylian Mbappé, seu ex-companheiro de clube no Paris Saint-Germain.

Foi a oitava vez que o camisa 10 da Argentina ficou com a honraria. Desta vez, ele não esteve presente na cerimônia, realizada em Londres, na Inglaterra. Ele já havia sido apontado como melhor do mundo nas edições de 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2022 da premiação.

Diante da ausência, o ex-jogador francês Thierry Henry, mestre de cerimônia da festa, chegou a fazer uma brincadeira: “Eu posso ficar com o troféu, então? Eu nunca ganhei…”. A coroação de Messi rendeu, ainda, aplausos tímidos na plateia.

O período analisado pelo colégio eleitoral da Fifa, composto por capitães e técnicos de seleções nacionais, além de jornalistas e torcedores, foi entre 19 de dezembro de 2022, dia seguinte à final da Copa do Mundo no Qatar, conquistada pela Argentina, e 20 de agosto do ano passado.

Na edição de 2022 do prêmio, Messi desbancou os franceses Mbappé e Benzema justamente por suas grandes atuações na trajetória argentina até a conquista do tricampeonato mundial.

O recente histórico apontava para um favoritismo de Haaland na premiação.

O artilheiro do City teve um temporada vitoriosa, com conquista da tríplice coroa. O time azul triunfou no Campeonato Inglês, na Copa da Inglaterra e na Champions League.

O norueguês bateu o recorde de gols em uma edição da Premier League em sua primeira participação no torneio. Fez 36 gols em 35 jogos na temporada 2022/23. A coletânea reúne gols de cabeça, de pênalti, de perna esquerda, de perna direita (em tese, a ruim), sem falar nos lances acrobáticos, como os voleios.

Em novembro, ele alcançou um novo recorde, quando chegou a 50 gols na Inglaterra em 48 partidas. Ele superou Andy Cole, que demorou 65 jogos para atingir o mesmo número nos anos 90, com a camisa do Manchester United.

Haaland foi, ainda, o artilheiro da Champions League pelo segundo ano consecutivo, com 12 gols em 11 jogos, sendo peça essencial para levar o Manchester City à conquista da taça inédita para o clube.

No período que compreende a análise da Fifa, Messi fez 32 jogos, marcou 24 gols e deu oito assistências.

VEJA TODOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO FIFA THE BEST

Melhor jogador do Mundo: Lionel Messi (PSG e Inter Miami | seleção argentina)

Melhor jogadora do mundo: Aitana Bonmatí (Barcelona | seleção espanhola)

Melhor técnico de equipe masculina: Pep Guardiola (Manchester City)

Melhor técnico de equipe feminina: Sarina Wiegman (seleção inglesa)

Melhor goleira: Mary Earps (Manchester United | seleção inglesa)

Melhor goleiro: Ederson (Manchester City | seleção brasileira)

Prêmio Puskás: Guilherme Madruga (ex-jogador do Botafogo-SP, atualmente no Cuiabá)

Seleção masculina da Fifpro (sindicado internacional dos jogadores profissionais): Thibaut Courtois; Kyle Walker, John Stones, Rúben Dias; Bernardo Silva, Jude Bellingham, Kevin De Bruyne; Erling Haaland, Kylian Mbappé, Lionel Messi e Vinicius JuniorSeleção feminina da Fifpro (sindicado internacional dos jogadores profissionais): Mary Earps; Lucy Bronze, Alex Greenwood, Olga Carmona; Ella Toone, Aitana Bonmati, Keira Walsh; Lauren James, Sam Kerr, Alex Morgan e Alessia RussoPrêmio Fair Play: seleção brasileira, pela luta contra o racismo no futebol espanhol

 

[Folha Uol]

Artigos Relacionados

Ney Amorim quer mostrar resultados práticos na Secretaria Adjunta de Esportes

Marcio Nunes

São Paulo completa lista de títulos com a Supercopa

Jamile Romano

Possíveis adversários do Flu estreiam no Mundial de Clubes nesta terça

Marcio Nunes

Seleção brasileira perde para Argentina e fica fora dos Jogos de Paris

Jamile Romano

Dorival cobra mudança de comportamento dos atletas e nega atrito com Neymar

Jamile Romano

Cano é eleito Rei da América e Diniz o melhor técnico do continente

Jamile Romano