27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Acre

Bocalom visita construção do elevado na Dias Martins e diz que obra vai aliviar congestionamento na região

Publicado em 18/12/2023 04:12

Em meio ao intenso fluxo de veículos e congestionamentos constantes, uma nova obra surge como uma esperança para os motoristas da capital. Trata-se da construção do elevado na Estrada Dias Martins, uma iniciativa da Prefeitura de Rio Branco que promete desafogar o trânsito na região e melhorar a mobilidade urbana.

O prefeito Tião Bocalom deu o pontapé inicial para o início da obra. Ele informou que até junho será entregue a obra que será o primeiro passo pra modernidade da capital.

“Uma cidade moderna, inteligente, como estamos inscritos hoje, junto com Recife, Florianópolis, Curitiba e outras cidades do mundo. Ela precisa se modernizar com viaduto para poder facilitar a mobilidade e também ter arranhar céus. Por isso autorizei a mexer no plano diretor, sair de 17 andares pra 40 andares de prédios aqui na nossa cidade. É isso que o povo de Rio Branco merece e é o que nós queremos fazer. O investimento é de mais 15 de milhões de reais com recurso próprio, é dinheiro da prefeitura, não é dinheiro do governo federal.”

A obra do elevado é considerada uma das maiores intervenções viárias já realizadas em Rio Branco.

“É uma obra importante para nossa capital, feita com recursos próprios, de 188 metros de extensão e estará gerando no mínimo uns 120 empregos diretos, através da empresa. A capital Rio Branco passa a ter a sua visibilidade no que concerne a obras estruturantes”. destacou o secretário Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Cid Ferreira.

O elevado será construído em uma das áreas mais congestionadas da cidade, conhecida pelos constantes engarrafamentos. Além de melhorar a mobilidade urbana, a obra irá impulsionar o desenvolvimento econômico da região, facilitando o acesso a comércios e empresas locais.

“Vai valorizar a região, sobretudo dar uma condição melhor para o trânsito. Precisávamos ter uma intervenção aqui, como estamos tendo agora. A gente sabe que vai criar um pouquinho de transtorno, mas isso é normal, o importante vai ser o resultado que a gente vai ter após essa obra aqui”, disse o empresário Adem Araújo.

O prazo de conclusão da obra é de 6 a 8 meses, até lá, a RBTrans construiu rotas alternativas para evitar exatamente aquele transtorno alí no trânsito, as vias paralelas já estão liberadas para os condutores.

“As rotas alternativas estão prontas que é por dentro da Rua Rio de Janeiro, pelo Conjunto Esperança. À esquerda está pela Rua Amazonas, já está funcionando há quatro meses. O problema é que as pessoas continuam vindo em grande quantidade para essa região. E nesse momento de grande congestionamento, nós vamos ter que tomar a decisão de fazer essas duas aberturas para tentar auxiliar a obra aqui enquanto fazem o asfalto da pista direita”, explicou o superintendente da RBTrans, Benício Dias.

“Depois dos transtornos vai ser uma tranquilidade para todo mundo, quem perdia tempo na rotatória vai ganhar e aproveitar para outras coisas . Isso tem um valor que muitas vezes as pessoas não mensuram”, concluiu o prefeito.

[Assessoria]

Artigos Relacionados

Marina Silva defende criação de teto para exploração de petróleo

Jamile Romano

Após um mês de internação, Beatriz Velloso recebe alta de hospital em São Paulo

Jamile Romano

Alan Rick envia recursos para levar água à torneira dos ribeirinhos, asfaltamento de ruas e ações sociais

Marcio Nunes

MPAC recorre de decisão que deu liberdade a motorista que atropelou e matou mãe e filho

Jamile Romano

Natal de vida, esperança e dignidade premia vencedores de ornamentação natalina

Jamile Romano

Vigilância em Saúde realiza inspeção no Mercado do Bosque na prevenção de pragas urbanas

Jamile Romano