27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Acre

Após intenso trabalho em 2023, Acre avança na cobertura vacinal infantil e é destaque no Ministério da Saúde

Publicado em 23/12/2023 11:12

O Ministério da Saúde (MS) divulgou nesta semana dados preliminares de 2023 – referentes ao período de janeiro a outubro – que indicam o aumento da cobertura vacinal infantil das oito vacinas recomendadas do calendário infantil, quando comparado com o ano de 2022. O Acre é um dos estados que conseguiu melhorar os indicadores no período.

Graças ao árduo trabalho promovido pelas equipes da saúde estadual e em parceria com as gestões municipais, até mesmo nos lugares de difícil acesso, foi possível elevar a cobertura vacinal.

Para as crianças com um ano de idade, os imunizantes contra hepatite A, poliomielite, pneumocócica, meningocócica, DTP (difteria, tétano e coqueluche) e tríplice viral 1ª dose e 2ª dose (sarampo, caxumba e rubéola) registraram crescimento. Também houve aumento na cobertura da vacina contra a febre amarela, indicada aos nove meses de idade.

Conforme dados do MS, no Acre a cobertura vacinal foi de 70,80% para a hepatite B; 59,64% para a febre amarela; 79,20% para a pneumo10; 70,81% no caso da vacina penta (DTP/HepB/HIB); 70,84% para a DTP, além de 71,81% de cobertura contra a Poliomielite e 73,02% para a vacina meningo C.

“Cuidar das pessoas é o principal compromisso da gestão do governador Gladson Cameli. Neste ano, a saúde do Acre uniu todos os esforços para alcançar esse resultado positivo imunizando as pessoas, principalmente as crianças e idosos. Parabenizo toda a equipe envolvida e reafirmo nosso compromisso por uma saúde digna a todos os acreanos”, ressaltou o secretário de Estado de Saúde do Acre, Pedro Pascoal.

No Acre, o PNI tem sido um pilar essencial na promoção da vacinação, trabalhando incansavelmente para garantir a distribuição de imunobiológicos de qualidade e a capacitação dos profissionais de saúde. O trabalho se traduz no resultado obtido neste ano.

Nós realizamos durante todo o ano uma série de ações para aumentar a adesão da população como capacitações, treinamentos, missões nas comunidades de difícil acesso e, felizmente, a população ouviu nosso chamado e se imunizou. No caso das crianças, a gente fica muito feliz porque a vacinação contribui e muito para a redução da mortalidade infantil”, avaliou Renata Quiles, coordenadora do PNI.

Vacinação está disponível para todos

Cabe ressaltar que, nesta época do ano, é comum que casos de covid-19, gripe e outras doenças aumentem. Por isso, é importante que os cidadãos tenham consciência e atualizem suas carteiras de vacinação.

Os imunizantes estão disponíveis nas unidades básicas de saúde. Pelo Estado, há ainda o Centro de Referência de Immunobiológicos Especiais (Crie), localizado na Avenida Getúlio Vargas, 595 – Centro, próximo ao INSS.

A unidade funciona diariamente em tempo integral, com disponibilidade de imunobiológicos especiais nos casos de urgências, inclusive no período noturno, das 19h às 21h, e nos feriados e finais de semanas, das 8h às 12h e das 14h às 18h, para a população em geral.

Artigos Relacionados

Vigilância em Saúde realiza inspeção no Mercado do Bosque na prevenção de pragas urbanas

Jamile Romano

Em Brasília, Bocalom busca recursos para projetos estratégicos para a capital

Marcio Nunes

Carnaval da prefeitura terá câmeras de monitoramento em tempo real para segurança da população

Jamile Romano

Estado abre processo seletivo para formação de cadastro-reserva ao cargo de profissional bolsista docente do Ieptec

Jamile Romano

Bittar destina R$ 17 milhões para construção da Orla do Rio Acre em Brasileia

O Rio Branco

“Vou cuidar da família” , diz Eduardo Veloso ao justificar seu afastamento da câmara federal

Marcio Nunes