27.3 C
Rio Branco
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
O RIO BRANCO
Política

Governador tenta no STF autorização para ir a evento de Doria na China

Publicado em 05/01/2024 08:01

Alvo de investigações no Superior Tribunal de Justiça que levaram à retenção de seu passaporte pela Corte, o governador do Acre, Gladson Cameli, bateu à porta do Supremo Tribunal Federal para conseguir embarcar a uma viagem internacional nos próximos dias.

Depois de Cameli ter um pedido negado pela ministra Nancy Andrighi, do STJ, a Procuradoria-Geral do Estado apelou ao STF para que ele consiga viajar à China.

Ele é um dos convidados do “Brazil China Meeting”, organizado pelo Lide, do ex-governador de São Paulo João Doria. O evento ocorrerá em Shenzen e Hong Kong, entre os dias 10/1 e 13/1. Cameli pretende viajar no próximo dia 8/1 e retornar em 15/1.

No pedido ao Supremo, a ser analisado pelo presidente da Corte, Luís Roberto Barroso, durante o recesso, a procuradoria do governo de Gladson Cameli afirma que a decisão da ministra do STJ comete “ilações” ao cogitar que, durante a viagem, o governador possa fazer contato com outros investigados.

A proibição a que ele viaje à China, disse o governo acreano, prejudica o “pleno exercício do cargo” e levará ao “alijamento do Estado do Acre das estratégias prioritárias de investimentos chineses, bem como dificultará as novas tratativas de negócio com empresários de todo o Brasil”.

Além da restituição do passaporte do governador, a procuradoria acreana pede que seja expedido um ofício à Polícia Federal determinando a suspensão das restrições contra ele no Sistema de Tráfego Internacional.

Recentemente, Cameli conseguiu boas notícias no STF diante das restrições impostas a ele pelo STJ. Barroso autorizou que o governador passasse as festas de Natal e Ano Novo na companhia de seus irmãos, alvos das mesmas apurações, com os quais ele não pode manter contato.

[Metrópoles ]

 

Artigos Relacionados

Saída de Dino da Justiça deixará 47 convocações na Câmara em aberto

Jamile Romano

Pacheco mantém ofensiva, e Senado pode aprovar nesta terça PEC que contraria o STF

Redacao

Na COP 28: Em Dubai, Socorro Neri vai defender que a Amazônia seja remunerada pela contribuição que presta ao equilíbrio climático mundial

Marcio Nunes

Ministra Nancy Andrighi se pronuncia sobre afastamento de Gladson Cameli

Marcio Nunes

Estudantes do Programa Jovem Parlamentar 2024 são recebidos na Aleac

Marcio Nunes

Conselho de Ética da Câmara abre processo contra André Janones

Marcio Nunes